Bem Vindo

sábado, 29 de janeiro de 2011

Cantor da Banda Arriba Saia diz que advogado tentou lhe matar com dois tiros

O cantor Roni Brasil, 32 anos, líder Banda Arriba Saia, esteve na delegacia de polícia de Eunápolis na tarde desta sexta-feira (28) denunciando que sofreu uma tentativa de homicídio.
Segundo o músico, o advogado Eduardo Galvão tentou lhe matar com dois tiros. Agressão teria ocorrido em frente à casa do advogado, no centro da cidade.
Roni disse que, minutos antes, telefonou para Galvão para resolver uma pendência financeira, e que foi insultado pelo advogado. O artista falou ainda que foi até a residência de Galvão pedir satisfação sofre as calúnias, mas ainda na calçada foi recebido a tiros.

O artista afirmou que uma das balas pegou de raspão em seu braço esquerdo. Ele mostrou um arranhão. O médico legista Luiz Andrade fez o exame de corpo de delito, mas ainda não divulgou o resultado.

O advogado, até a última atualização desta notícia, ainda não tinha sido localizado pelo RADAR64 para contar a sua versão. A polícia também não conseguiu, até o momento, localizar o suspeito para prestar esclarecimento.

Nenhum comentário: